Começou no último dia 4 de julho a quarta edição da Campanha Mobilidade Sustentável nas Eleições, uma iniciativa conjunta da Associação G-14, Cidadeapé, Idec, Redes Vidas Ativas e UCB que visa obter comprometimento de candidaturas aos cargos federais no pleito de 2022 –  à presidência da República – a incorporar nos planos de governo os princípios e os principais componentes da mobilidade sustentável e assim tornar mais eficiente e humano o deslocamento de pedestres, ciclistas, pessoas com deficiência  e usuários de transporte público. 

A primeira ação da campanha foi o lançamento, em 4 de julho, do website www.mobilidadenaseleicoes.org.br. Ele reúne todas as informações necessárias para quem pretende somar forças para garantir que os próximos mandatários ou mandatárias se comprometam a incluir nos planos de governo, entre outras medidas, o cumprimento das metas existentes para redução de mortes e lesões de trânsito, a descarbonização e do transporte coletivo e incentivos à mobilidade ativa, tais como a diminuição de impostos de bicicletas e ônibus, o fomento à elaboração dos planos de municipais de mobilidade urbana, bem como tornar acessíveis – a todas as pessoas – as calçadas das cidades brasileiras.

Em nível federal, a abordagem da campanha tem como principal objetivo colher a assinatura de candidatos e candidatas ao cargo de presidente da República no documento Carta Compromisso com a Mobilidade Sustentável, documento que contém pontos considerados pela organização da campanha como fundamentais para uma boa política de mobilidade sustentável a ser executada pelo executivo federal. A elaboração do documento passou por uma consulta pública encerrada em 5 de julho que recebeu quase 40 sugestões do público e será anunciada oficialmente em 15 de julho no site da campanha. 

Além da Carta Compromisso, a Campanha Federal promoverá entrevistas com as candidaturas para entender o que pensam sobre o assunto, ao mesmo tempo em que irá avaliar todos os planos de governo registrados  no Tribunal Superior Eleitoral. Por fim, estimulará a aderência à campanha de outras instituições e que atuam em prol da sustentabilidade nos transportes e manterá relacionamento constante com a imprensa.

 

Apoio financeiro para campanhas locais

A Campanha Mobilidade Sustentável nas Eleições também vai selecionar organizações locais em até  17 estados para realizarem a incidência junto às candidaturas aos governos e assembleias legislativas com um apoio financeiro de R$ 3 mil reais para cada estado selecionado. O edital está disponível no website da campanha e as inscrições devem ser feitas até às 23h59m de 17 de julho de 2022. São benvindas as adesões voluntárias de ONGs ou coletivos presentes nos 10 estados restantes. 

Podem concorrer à verba de apoio organizações da sociedade civil com foco em mobilidade sustentável, (associações ou ONGs com CNPJ e grupos ou coletivos informais sem fins econômicos ou lucrativos). Não poderão inscrever-se indivíduos, empresas, entidades empresariais e trabalhistas, órgãos públicos, candidatos/as e partidos políticos. Além da ajuda de custo, quem for selecionada vai contar com o suporte da coordenação nacional da campanha para realização das campanhas estaduais no seu estado seja para executivo estadual ou para o legislativo, obtendo  as assinaturas na carta compromisso do governo estadual, Outras informações para a imprensa: imprensa@uniaodeciclistas.org.br